Seguranca-blog-digital-recovery

Nos últimos dias um assunto tem recebido uma grande atenção por causa de um app chamado FaceApp. Muito provavelmente você tenha percebido o seu feed, digamos assim, um pouco mais envelhecido? Esse app, aparentemente inofensivo, caiu na graça dos usuários de redes sociais no mundo inteiro. Esse aplicativo utiliza inteligência artificial e faz um envelhecimento de face através de filtros. O que chamou a atenção é que pra utilizar a ferramenta você precisa aceitar um contrato de letras miúdas e com certeza você não leu, interessante não?
O assunto se tornou um dos mais comentados nas últimas semanas devido a uma denúncia que a empresa criadora (empresa Russa) do aplicativo estaria coletando além dos dados de usuários, também estaria fazendo uma espécie de banco de dados com as imagens coletadas dos usuários. A desconfiança é que esses dados seriam utilizados posteriormente até mesmo para influenciar decisões internas de um país como as eleições.
Uma coisa que é o mais grave, é a exposição dos seus dados, da sua imagem de forma definitiva na web.
Até onde estamos seguros? Quais são as medidas que precisamos tomar para não sermos expostos na rede? Seria isso possível?
Baseado nessas perguntas, resolvemos tentar elencar algumas medidas simples que podem minimizar as exposições virtuais e manter o mínimo de privacidade:

• Ao postar algo nas redes sociais, certifique que apenas seus amigos tenham acesso ao conteúdo.
• Adicione apenas pessoas conhecidas.
• Muito cuidado com os check-ins. Sequestradores utiliza muito essa técnica para mapear suas possíveis vítimas.
• Evite postar fotos com locais fixos, tipo: Escola, clubes.
• Ao instalar um aplicativo, leia o contrato e veja quais as exposições você estará sujeito.
• Coloque um papel ou qualquer outra coisa que tampe a câmera do seu notebook.
• Desative o microfone caso não esteja usando.
• Evite conversas pessoais próximo ao celular. (essa é a mais difícil de todas).
• Cuidado ao se conectar em redes de internet sem fio desconhecidos.
• Cuidado com aplicativos que precisam acessar seu GPS, suas fotos e sua agenda telefônica.
• Jamais divulgue seu telefone ou seu e-mail em redes sociais.
• Desconfie de sites que solicita seu cadastro, seus dados pessoais.
• Ao fazer compras na web, utilize um cartão de crédito virtual. Hoje em dia todos os cartões de crédito físico vêm com a opção de gerar um virtual com uso único.
• Namoro virtual? Encontros apenas em locais públicos e bem movimentados. Se possível, vá acompanhado com alguém.

www.digitalrecovery.com.br