Hoje em dia é comum precisarmos de bastante espaço disponível para armazenar a quantidade de dados que temos. São fotos, documentos e até mesmo grandes produções cinematográficas que dependem diretamente de grandes estruturas internas ou externas para armazenar.

O que é comum nas pequenas e grandes empresas é terem uma estrutura interna capaz de suportar toda essa demanda e com isso é fundamental a equipe de tecnologia da informação planejar pra qual local os dados serão gravados. Servidores e Storages de alta complexidade são montados em ambiente controlado para atender essa demanda.

Infelizmente por erro humano ou falha de equipamento, o cenário pode mudar da noite pro dia. Ao tentar acessar seu servidor ou o banco de dados, rapidamente percebe-se que tem algo errado e o acesso aos dados não acontece. Nesse momento, a equipe de tecnologia faz possível e o impossível pra fazer o ambiente voltar a funcionar e nesse momento de desespero total é que ficamos sujeitos ao erro e piorar ainda mais a situação crítica!

Pensando nisso, a Digital Recovery listou algumas orientações simples, mas que podem ser o “último suspiro”:

  • O que devo fazer quando meu RAID, Servidor ou Storage parar?
  1. Manter a calma é fundamental
  2. Reunir a equipe técnica antes de tomar qualquer decisão
  3. Avaliar as possibilidades de reverter o cenário sem qualquer alteração
  4. Entrar em contato com a equipe de suporte do fabricante do equipamento
  5. Não remover e nem trocar nenhum disco sem absoluta certeza do que está fazendo
  6. Cuidado com os “rebuilds”, inclusive com o modo automático
  7. Cadê o backup?!
  8. Identificar os discos e em quais baias estavam em caso de remoção
  9. Em caso de não possibilidade, procurar uma empresa especialista em recuperação de dados
  • Alguns fabricantes de equipamentos (RAID Systems)
  • HP
  • DELL EMC
  • IBM
  • Lenovo
  • Supermicro
  • NetApp
  • StorageTEK