Recomendações Gerais Sobre Perda de Dados em Arquivos

img-1

Estas recomendação foram geradas mediante o histórico que temos de inúmeras situações onde usuários desesperados tentaram recuperar arquivos e tornaram o problema ainda pior. Se suas informações são realmente importantes, vale a pena ler estas recomendações.

Estas recomendações são para os casos em que os dispositivos de armazenamento estejam funcionando normalmente. Para casos em que o dispositivo de armazenamento esteja com falhas, bad blocks ou qualquer tipo de anormalidade:

  • A primeira coisa a fazer é manter a calma e controlar o pânico. Nenhum arquivo é realmente mais importante que sua vida. Se você conseguir se acalmar poderá refletir melhor e escolher qual é a solução ideal para o problema.
  • Se você não está seguro do que aconteceu, chame o seu suporte técnico para realizar uma avaliação e certificar que o arquivo realmente foi perdido. Certifique se foi realizado alguma cópia de segurança e qual é a data da mesma.
  • Quando um arquivo é deletado da lixeira, o mesmo é retirado da tabela de arquivos e o Sistema Operacional é informado que a área que o arquivo estava gravado está agora disponível para uso. Embora desalocado e sem acesso pelo usuário, o arquivo ainda continua gravado nos setores do HD. Sendo assim, a melhor coisa a fazer é desligar o computador. Caso contrário, tudo o que fizer (entrar na internet, baixar programas, instalar programas, recuperar os dados para o HD) estará contribuindo diretamente para sobreescrever os setores do arquivo e tornar a recuperação definitivamente impossível. Pois com a exclusão, a área em que o arquivo ocupava estará disponível para receber qualquer uma destas informações.
  • Não grave qualquer informação na mídia onde ocorreu a exclusão dos arquivos. Para evitar gravação de dados no HD o melhor a fazer é retirar o HD e coloca-lo como Slave em outra máquina ou então em um Case USB. Se nunca fez isso antes e quiser continuar a tentar recuperar o arquivo, chame um técnico em computadores para auxilia-lo. Lembre-se: Se ao tentar resolver um problema você cria outro pior, é melhor não fazer nada.
  • Se os arquivos forem recuperados, não grave absolutamente nada no HD até que tenha certeza que os seus arquivos estão funcionando perfeitamente. O fato de ter usado um programinha para recuperar dados e ter achado um arquivo com o mesmo nome do arquivo que você precisa, não significa que ele é o arquivo que você precisa e nem muito menos está funcionando corretamente. Abra o arquivo e confira todas as informações. Quando trabalhamos com arquivos de texto ou planilha, o Windows grava diversas cópias deste arquivo em diretórios temporários. As vezes é possível achar um arquivo que embora tenha o mesmo nome, é uma versão bastante desatualizada do arquivo original.
  • Evite ligar e desligar o computador repetidas vezes para ver se o arquivo não voltou para o lugar onde estava. Se você o deletou, ele não irá voltar para a pasta sozinho.
  • Se sua tentativa não resolveu o problema e você ainda continua precisando dos arquivos, procure uma empresa especializada em recuperar dados.